Escovas de cabelo: Um assunto que não lhe vai sair da cabeça

17 maio 2018 | Calvície| Curiosidades| Dicas para cabelos|
Escovas de cabelo: Um assunto que não lhe vai sair da cabeça

Os cabelos não são todos iguais. Por isso as escovas também não devem ser. Cada couro cabeludo origina um tipo de cabelo com caraterísticas únicas e pessoais. Logo, faz todo o sentido escolher uma escova de cabelo que se adeque ao seu caso específico e particular.

A escolha de uma escova deve ser feita em função de vários fatores, como o tipo de cabelo e qual o objetivo a atingir. Conheça alguns pequenos grandes pormenores sobre escovas, que podem fazer toda a diferença no seu cabelo. Mas não deixe a preocupação subir-lhe à cabeça, é mais simples do que parece. 

 

O crescimento de cabelo saudável também depende da sua escova

 A escolha de uma boa escova, adaptada ao seu tipo de cabelo e couro cabeludo é fundamental, e pode fazer toda a diferença na sua saúde capilar, ajudando a evitar problemas como a queda de cabelo, oleosidade e seborreia. Porque uma boa escova não serve só para pentear. Ela serve também para estimular o couro cabeludo, o crescimento do cabelo e ativar a microcirculação.

 

Escovar é preciso. (E ajuda a prevenir a queda de cabelo, oleosidade e falta de volume)

Como se costuma dizer, cada cabeça sua sentença. E neste caso não podia ser mais verdade. O seu tipo de cabelo vai determinar qual a escova mais correta para si. Mas não é tudo. Uma escova pode ajudar a controlar determinados aspetos do couro cabeludo e cabelos, permitindo assim resultados melhores e mais eficazes. 

 

Cabelos ondulados

Cheios de volume e difíceis de desembaraçar precisam de escovas redondas ou pentes com cerdas espacejadas, para que a escovagem não potencie o volume já existente no cabelo. Quanto mais grosso for o cabelo, maior deverá ser o espaço entre as cerdas. Para cabelos com muito volume, pode usar escovas planas com cerdas de madeira, ideais para controlar a ondulação e diminuir a eletricidade estática.

 

Cabelos lisos

Para desembraçar este tipo de cabelo opte por escovas planas. Se tiver cabelo comprido, opte por um espacejamento das cerdas mais largo, que desembaraçam os cabelos lisos sem os partir. Se tiver cabelo liso de tamanho médio, e com pouco volume, opte por cerdas com um espacejamento mais apertado, pois irá potenciar o volume. Para pentear e esticar cabelos lisos, escolha uma escova redonda com cerdas de nylon, de preferência com bolinhas nas pontas, que ajudam a distribuir a oleosidade do couro cabeludo e a controlar o cabelo oleoso

 

Amigos, amigos, escovas à parte. (Porque há caspa que também se pega) 

 Seja qual for a sua escova, há cuidados que deve sempre manter. Deve retirar diariamente os cabelos que ficam presos nas cerdas e, uma vez por semana, deve lavá-la com água e um pouco de shampoo, secando com o ar frio do secador. E nunca partilhe escovas manuais, elétricas ou pentes. Pode estar também a partilhar alguns tipos de caspa ou tinea do couro cabeludo

 

Aplique estas dicas e vai começar a notar as mudanças no seu cabelo. E depois, o mais provável é que queira passar a vida de cabeça no ar. 

Partilhe o artigo: