Dor no couro cabeludo: um pequeno incómodo

19 março 2020 | Queda de cabelo|
Dor no couro cabeludo: um pequeno incómodo

Uma dor no couro cabeludo é relativamente vulgar porque esta zona do corpo tem bastantes terminações nervosas e é extremamente sensível. Mas cada caso é um caso, e por isso convém perceber se existem sintomas associados à dor no couro cabeludo, e em caso afirmativo, que problemas de saúde podem advir.

É que, um desconforto por causa de uma dor relacionada com um penteado apertado, por exemplo, não é a mesma coisa que uma infeção ou que um problema de alopecia que pode levar à queda do cabelo.

 

O que significa dor no couro cabeludo?

A tricodinia, nome científico da dor no couro cabeludo, normalmente não significa mais do que desconforto devido à caspa, queimadura solar, uso de capacete, qualquer outro hábito ou até uma infeção simples de resolver. Só nalguns casos está relacionada com problemas de saúde, como fibromialgia, artrite, sinusite e alopecia.

É por isso que a dor no couro cabeludo pode ter intensidade variável e ser designada de formas diferentes: 

  • comichão
  • pontadas
  • formigueiro 
  • ardor

Muitas pessoas que sofrem de tricodinia referem ainda uma “dor no cabelo”, só que efetivamente a dor ou desconforto não está localizada na haste capilar.

Contudo, parece que sim porque os fios de cabelo estão diretamente relacionados com a sensação de desconforto no couro cabeludo, que apresenta características diferentes do resto da pele do corpo: é mais grosso, tem pouca elasticidade e bastante oleosidade por estar repleto de folículos, cada um com sua glândula sebácea! 

 

O que causa dor no couro cabeludo?

Não há apenas uma causa para a dor no couro cabeludo, esta pode ter diferentes causas e pode aparecer isolada ou associada a outros sintomas, como vamos ver de seguida.

 

Principais causas de Dor no couro cabeludo sem outros sintomas 

Queimadura solar
A dor no couro cabeludo pode ser sinal de exposição ao sol durante muito tempo, particularmente no caso de a pessoa ter o cabelo muito fino, ter uma densidade capilar baixa ou ser calva, o que acaba por deixar o couro cabeludo mais exposto. 

 

Caspa
A dermatite seborreica ou caspa também pode causar tricodinia, já que a caspa é uma reação alérgica da pele que gera sintomas como vermelhidão, comichão e descamação. 

 

Oleosidade 
O excesso de oleosidade, por seu turno, também pode provocar dores no couro cabeludo precisamente porque facilita o aparecimento da dermatite seborreica. 

 

Secadores e pranchas de alisamento
O uso frequente de secadores e pranchas de alisamento torna o couro cabeludo mais sensível.

 

Penteados apertados
Muitas vezes a causa da tricodinia são penteados apertados, cabelo apanhado, preso em rabos de cavalo ou entrançado por muito tempo, por exemplo.

 

Foliculite
A foliculite, infeção de pele que se inicia nos folículos capilares (conhecida por pelos encravados), pode causar sensibilidade no couro cabeludo, embora seja mais frequente em pessoas com doenças de pele. Porém, atenção porque a foliculite no couro cabeludo pode provocar queda de cabelo acentuada.

 

Mais informações sobre foliculite aqui!

 

Pediculose
A pediculose (piolhos) também causa dor no couro cabeludo, já que os piolhos picam para se alimentarem do sangue, mas mais do que uma dor, aqui o que incomoda é a comichão intensa.

 

Queda de cabelo
A própria queda de cabelo pode provocar a tricodinia porque a zona com menos fios fica bem mais sensível.

 

Principais Causas de Dor no couro cabeludo associada a tonturas

Sinusite
Se a dor no couro cabeludo estiver associada a tonturas, é provável que se trate de sinusite, ou seja, das cavidades ao redor das vias nasais inflamadas.

 

Herpes zoster
O vírus herpes zoster (reativação do vírus da varicela) como atinge um nervo craniano pode causar dor no couro cabeludo e tonturas, e até dor de ouvidos.

 

Carbúnculo
A bactéria staphylococcus aureus que causa o carbúnculo também pode ser a responsável pela tricodinia associada à tontura.

 

Neuralgia do Trigemeo 
Mais prevalente em mulheres do que em homens, trata-se de um distúrbio do nervo trigémeo, que provoca dores súbitas e lancinantes em couro cabeludo, olhos, lábios, nariz, testa e/ou mandíbula.

 

Principais causas de Dor no couro cabeludo associada a dores de cabeça

Enxaqueca
A enxaqueca pode ser a responsável pela dor de cabeça generalizada, e até incluir tonturas.

 

Arterite temporal
A artrite temporal (inflamação dos vasos sanguíneos no couro cabeludo), embora seja um problema mais comum em pessoas de idade, causa dor de cabeça profunda e dores no couro cabeludo e pode levar a complicações graves a nível oftalmológico.

 

Lúpus
A lúpus, doença autoimune que provoca lesões na pele, também pode ter como sintoma a dor na cabeça e couro cabeludo.

 

Principais causas de Dor no couro cabeludo associada a dor de ouvidos

Problemas dentários
Dentes com cáries, abcessos, etc, podem causar dor de ouvidos e dor no couro cabeludo, além de dores na boca e nos dentes, claro.

 

Principais causas de Dor no couro cabeludo associada a dores musculares

Fibromialgia 

Quando a dor no couro cabeludo está associada a dores musculares o mais provável é tratar-se de fibromialgia, uma doença relacionada com o funcionamento do sistema nervoso central. Neste quadro é comum que se sinta também cansaço e alterações do sono.

 

Principal causa de Dor no couro cabeludo associada a problemas de ansiedade

Ansiedade
Uma crise de ansiedade, como um ataque de pânico, pode provocar uma dor no couro cabeludo. Aliás, qualquer problema de ansiedade se pode relacionar com qualquer problema capilar como micose e queda do cabelo.

 

Como aliviar a dor no couro cabeludo?

Naturalmente que a forma de aliviar a dor no couro cabeludo está relacionada com a causa dessa dor, pelo que só após um diagnóstico preciso do seu médico dermatologista pode encetar o tratamento mais adequado.

No entanto, a dor do couro cabeludo não associada a outros sintomas, é aliviada com cuidados de higiene e uso adequado de produtos capilares como shampoos e condicionadores, além de um controlo de oleosidade e de potenciais processos inflamatórios. 

Também pode ser eliminada com a adoção de boas práticas em relação ao cabelo, como não esfregar o couro cabeludo, não usar água muito quente, evitar o secador, rabos de cavalo ou penteados muito apertados, colorações e alisamentos frequentes, etc. No entanto, quando a dor no couro cabeludo está associada a outros sintomas que indicam alguns problemas de saúde, de mais ligeiros a mais graves, o tratamento é feito através de medicamentos e sempre sob indicação e vigilância médica.

 

Se a sua dor no couro cabeludo está associada à queda de cabelo, a Master Group pode ajudar!

Consulte-nos para um teste genético que avalia o seu ADN e os genes relacionados à alopecia e que permite selecionar com precisão os princípios ativos mais eficazes para o seu tratamento.

Partilhe o artigo:

artigos relacionados