Alopecia - O seu futuro através de um simples Teste Genético

22 fevereiro 2019 | Queda de cabelo|
Alopecia - O seu futuro através de um simples Teste Genético

E se lhe dissermos que nós, na Master Group, podemos prever o seu futuro? Na verdade, o futuro do seu cabelo. Sem búzios nem bolas de cristal. Só com Ciência. O nosso novo serviço consiste num teste genético que permite avaliar o seu ADN.

Através deste teste genético, conseguiremos estabelecer quais são os melhores tratamentos clínicos nutricionais específicos para a calvície de cada paciente. Este tratamento capilar torna- se, assim, parte fundamental na prevenção da evolução da calvície e na saúde dos cabelos. Cada organismo é único e as respostas aos tratamentos dependem de fatores individuais. 

Todos os seres humanos são compostos de células. Não há dúvida nenhuma em relação a isso. Cada célula contém uma cópia dos nossos genes e define-nos como seres humanos. Cada gene dá uma instrução específica ao nosso corpo, dizendo como ele deve funcionar. Por isso, hoje em dia, a genética apresenta-se como um pilar básico da medicina e da saúde. Mas nem tudo funciona para todos da mesma maneira. Com a genética, podemos ser muito mais precisos e eficientes, entrando numa nova era da medicina preventiva e personalizada. É o que fazemos na Master Group. É o que fazemos com este novo tratamento capilar. 

 

Alopecia Androgenética - Quando o seu cabelo sai ao Pai ... ou à Mãe

Que palavrão é este? Não se assuste, não é nada demais. Apenas um dos muitos palavrões científicos. Mas a sua definição é muito simples: o termo alopecia androgenética é usado quando a causa da queda de cabelo é hereditária, ou seja, de fundo genético. Nela, ocorre uma hipersensibilidade dos folículos capilares às hormonas masculinas, os andrógenos.

Não há uma resposta clara para os locais onde se manifesta a calvície e podemos apresentar várias causas para a alopecia. Os folículos capilares passam por vários processos e são afetados geneticamente, encurtando a sua fase de crescimento. Ou seja, há uma aceleração do ciclo capilar no seu conjunto. Consequentemente, os fios vão perdendo espessura e, por fim, os folículos capilares degeneram-se. Os especialistas chamam a este processo miniaturização do folículo.

São muitos os fatores que determinam o aparecimento da alopecia androgenética nos homens e nas mulheres. O grau de incidência é muito variável. Há homens que chegam a velhotes com uma farta cabeleira. Há deles que ficam carecas aos 20 anos. 

O surgimento da alopecia hereditária também pode variar na própria família. O filho ou a filha de um pai calvo ou de uma mãe com queda de cabelo pode ter o cabelo do David Luiz ou da Tina Turner. Por outro lado, um homem ou uma mulher com muito cabelo pode ter filhos que, no futuro, ficarão carequinhas.

E a alopecia tem cura? Certamente é o que está a perguntar. A resposta é sim. Tudo depende do tipo de alopecia e do tipo de tratamento capilar a efetuar. 

 

Alopecia Areata - Mais um Palavrão

Alopecia areata. Parece um feitiço do Harry Potter, mas é algo muito simples. A alopecia areata é um tipo de alopecia que surge repentinamente e em formato de placas redondas. Não tem causas externas e pode resultar em falhas circulares ou ovaladas. De acordo com o que se sabe atualmente, este tipo de alopecia é uma doença autoimune.

A alopecia areata pode aparecer em qualquer idade - embora mais frequente antes dos 30 anos - e a sua incidência costuma repetir-se na família. 

Como as causas da alopecia areata não estão claramente identificadas, são pesquisadas outras relações possíveis, como transtornos hormonais, intoxicações com venenos e similares. Da mesma forma, a alopecia em placas redondas pode ser desencadeada ou agravada por fatores psicológicos, traumas físicos ou infeções. 

 

 

Trichotest -  O topo de gama no combate à calvície

TrichoTest - mais um palavrão científico - apresenta-se como a última tecnologia genética de combate à calvície.

O que faz? Portanto, este teste de alopecia TrichoTest analisa um total de 48 variações genéticas compreendidas em 16 genes-chave para entender como e em que grau a alopecia o afeta. 

Como é realizado o teste? Ora bem, após avaliação médica, preenche-se um breve questionário e logo após faz-se a recolha de células da mucosa bucal (parte de dentro da bochecha). Em poucas semanas, é obtido o resultado do teste e de posse do diagnóstico genético é prescrito o tratamento capilar personalizado para si.

Porquê fazer o TrichoTest? Por várias razões, entre as quais:

Permite selecionar com precisão os princípios ativos mais eficazes para o tratamento da alopecia; 

  • Não é invasivo; 
  • É confiável; 
  • É válido por toda a vida; 
  • É personalizado para cada paciente. 

 

Tratamento para a Queda de Cabelo - O seu futuro (com bónus)

E agora, já acredita que, de facto, podemos ler o futuro do seu cabelo? Com o TrichoTest, a nossa “bola de cristal” científica, conseguimos olhar para si, analisar os seus genes e ajudá-lo a ter ou a manter um cabelo farto digno de anúncio de champô.

E se já tiver a calvície instalada com uma perda capilar grande, poderá sempre fazer um transplante capilar na Master Group. Aliás, temos em vigor uma campanha em que oferecemos o tratamento TrichoTest na realização de um Transplante Capilar. De que está à espera? 

Partilhe o artigo:

artigos relacionados