MARQUE A SUA AVALIAÇÃO

E receba o orçamento gratuito

Transplante Capilar ou Implante Capilar?

 

Ainda que os termos Transplante Capilar e Implante Capilar sejam utilizados como sinónimos, devemos esclarecer que existe uma diferença importante entre as duas técnicas.

Implante refere-se a um dispositivo médico fabricado para substituir ou atuar como uma estrutura biológica no corpo. Portanto Implante Capilar consiste em implantar no couro cabeludo fios produzidos de forma artificial, com material sintético bio compatível. Apesar do Implante Capilar poder oferecer resultados satisfatórios em curto prazo, com o passar do tempo o organismo expulsa o elemento estranho ao corpo, fazendo com que os fios voltem a cair. Além disso é necessário fazer um teste de alergia prévio, e se bem tolerado, sempre serão necessários cuidados especiais: com o cloro da piscina, com as tinturas, na escolha do corte de cabelo pois é um fio que não cresce, etc.  

Transplante consiste em colher um órgão ou tecido, ou parte deles, de um indivíduo e implantá-lo(s) em outro indivíduo (transplante heterólogo), ou implantá-lo(s) no próprio indivíduo (transplante autólogo). O Transplante Cardíaco é um exemplo de transplante heterólogo, e o Transplante Capilar é um exemplo de transplante autólogo.

No Transplante Capilar os cabelos são retirados da zona resistente ao processo de calvície do couro cabeludo do próprio paciente, para que sejam implantados na região em que há diminuição de densidade ou ausência total de cabelos (zona calva). Como no Transplante Capilar os cabelos são do próprio paciente, não existe risco de rejeição, e o resultado se manterá por toda a vida, com aspeto absolutamente natural.