MARQUE A SUA AVALIAÇÃO

E receba o orçamento gratuito

Saber Mais Sobre Cabelos

 

Uma pessoa adulta possui aproximadamente 100 mil fios de cabelo e estes crescem em média 1 cm por mês. Diferenciam-se dos pêlos comuns pela sua elevadíssima concentração por área de pele e pelo desenvolvimento em comprimento. Podem ser lisos, crespos, ondulados e de muitas cores.

Os cabelos não servem só como um aliado estético (dando forma e valorizando o rosto) mas também funcionam como um isolante térmico, protegendo a cabeça das radiações solares e da abrasão mecânica. Também podem ser um indicativo de diversas doenças que se manifestam alterando sua estrutura. Nos links que se seguem, poderá aprofundar um pouco mais os seus conhecimentos sobre os cabelos.

 

Uma pessoa adulta possui aproximadamente 100 mil fios de cabelo e estes crescem em média 1 cm por mês. Diferenciam-se dos pêlos comuns pela sua elevadíssima concentração por área de pele e pelo desenvolvimento em comprimento. Podem ser lisos, crespos, ondulados e de muitas cores.

Os cabelos não servem só como um aliado estético (dando forma e valorizando o rosto) mas também funcionam como um isolante térmico, protegendo a cabeça das radiações solares e da abrasão mecânica. Também podem ser um indicativo de diversas doenças que se manifestam alterando sua estrutura. Nos links que se seguem, poderá aprofundar um pouco mais os seus conhecimentos sobre os cabelos.

 

O Cabelo

 

Por cabelo, palavra originária do latim capillus entende-se o conjunto ou cada um dos pêlos que crescem no couro cabeludo dos humanos.

Em várias culturas durante séculos, a ornamentação e o estilo do cabelo têm sido uma forma de comunicação e de identificação de status social.

Os cabelos além da sua função estética de dar forma e valorizar o rosto, também têm como função a proteção da cabeça pois funcionam como um isolante térmico, protegendo-a das radiações solares e da abrasão mecânica. Os cabelos também têm importância no diagnóstico de várias doenças, pois diversas patologias se manifestam alterando a sua estrutura.

Tradicionalmente descrevem-se dois tipos de pêlo: "terminais" e "velos" e mais recentemente alguns autores consideram a existência de pêlos intermédios. Na língua portuguesa chamamos aos pêlos da cabeça, de cabelos, porém estes nada mais são do que pêlos terminais.

Em relação ao ciclo de vida e aspecto anatómico, os velos geralmente não têm pigmentação e são difíceis de ver, enquanto os pêlos terminais são grossos e rígidos, geralmente pigmentados e distribuem-se no couro cabeludo, sobrancelhas, barba, bigode, axilas e zona púbica. Os pêlos intermédios são encontrados nos braços, pernas e tronco.

 

A Unidade Folicular

 

Uma unidade folicular nada mais é do que um grupo de cabelos envolvido por uma faixa de fibra de colagénio. Cada unidade folicular pode conter de 1 a 4 pêlos terminais, 1 a 2 velos (pêlos muito finos e claros), além de outras estruturas como glândula sebácea, músculo erector do pêlo e vasos sanguíneos peri foliculares.

Na fotografia abaixo pode-se visualizar, pelo exterior, as unidades foliculares. Ao observarmos o couro cabeludo aumentado (180x), podemos constatar que os cabelos emergem em grupos, que podem variar de 1 a 4 cabelos.

Fotografia de um couro cabeludo normal com 180X de aumento. Unidades Foliculares de 1, 2, 3 e 4 cabelos.

 

Na imagem abaixo pode-se visualizar a unidade folicular na íntegra. Estas unidades foliculares foram extraídas pela técnica FUE durante a nossa prática clínica.

Unidades foliculares: de 1 fio ultrafina e de 1 , 2, 3 e 4 fios, nessa ordem.

 

 

Ciclo Biológico do Cabelo

 

O cabelo tem um ciclo biológico de 3 fases: crescimento, repouso e queda. A fase de crescimento do cabelo denomina-se anágena, e dura em média 2 a 8 anos. Após esta fase segue-se um período breve de 2 a 4 semanas em que a matriz do folículo piloso interrompe a sua proliferação e a parte inferior do folículo entra em atrofia. Essa fase é conhecida como catágena. Depois segue-se a fase telógena que culmina com a queda do cabelo e pode durar em média 2 a 4 meses. A queda do cabelo só ocorre depois do próximo ciclo começar, ou seja, depois de se iniciar uma nova fase anágena e outro cabelo começar a emergir.

 

Curiosidades Sobre os Cabelos

 

Um fio de cabelo cresce de 0.3 a 0.4mm por dia, ou seja, aproximadamente de 0.9 a 1.2cm por mês.

Tipos de cabelo segundo a sua estrutura:

Lisos : são vistos nas raças mongólicas

Ondulados : vistos em vários grupos étnicos, principalmente nos caucasianos

Crespos : encontrados na raça negra

Tipos de cabelo segundo o teor lipídico:

Normais : têm uma produção normal de óleo pelo couro cabeludo, e o cabelo tem bom aspeto.

Oleosos : apresentam muito óleo no couro cabeludo, o cabelo tem aspeto engordurado e sujo. A produção de óleo tem dependência hormonal e pode ser estimulada por doenças hormonais, medicamentos e stress.

Secos : a haste do cabelo é seca, sem brilho e é mais suscetível aos danos físicos e químicos. Alguns casos podem estar relacionados à doenças da tireoide.

Mistos : são os cabelos oleosos na raiz e secos nas pontas. A maioria dos cabelos compridos tem essa característica.

A densidade capilar varia conforme a raça, caucasianos (brancos) geralmente tem uma densidade maior de cabelos, seguidos pela raça negra e por último pelos asiáticos.

É preciso perder 30-50% dos cabelos até que se note alguma rarefação (diminuição de densidade) no couro cabeludo.

Os cientistas acreditam que a alopecia androgenética evoluiu como um meio de identificar os machos mais maduros e socialmente estabelecidos. Parte da razão para essa crença vem do fato de que ela afeta não apenas os machos humanos, mas também gorilas e orangotangos.